Sobre

Bioenergético como Método de Avaliação da Saúde

 

Falamos que nossa energia circula de um órgão para outro. Mas como avaliar a circulação desta energia ou seus bloqueios?

 

É muito simples, mas antes vamos falar do Dr. Yoshiaki Omura, foi ele quem criou este método, baseado nos conhecimentos da medicina oriental. Na verdade é um teste neuromuscular de cinesiologia aplicada que leva em conta o grau de energia vital do organismo.

 

O exame tem suas bases na física – princípios da ressonância magnética, portanto, todo este trabalho se desenvolve na área das Ciências Naturais e não na área médica. Os fundamentos do Método Bionergético foram sistematizados pelo médico e físico japonês Yoshiaki Omura, que chamou o exame de “Bi-Digital O-Ring Test”. Omura é considerado um gênio dentro da comunidade científica e é um dos poucos cientistas, no mundo, que detêm o título de “science doctor”, ou seja, doutor em ciências. Omura estabeleceu os princípios do que chamou de O Ring Test, entre 1976 a 1978, é o teste de romper o anel.

Para avaliar o estado de saúde de um ser vivo, Omura estabeleceu três momentos:

 

- Verificar em que órgãos a energia está bloqueada;

- Encontrar a causa deste bloqueio, e,

- Obter a resposta, do organismo em questão, sobre o que ele necessita para  desbloquear-se

e  assim  levantar  a  energia  vital,  possibilitando  o  restabelecimento  da  saúde.

 

 

Por este método não é o médico ou o terapeuta que determina o que a pessoa precisa para recuperar-se, é o próprio organismo doente que vai “dizer” o que ele necessita naquele momento. Isto muda completamente os parâmetros de indicação de medicamentos e terapias, portanto, contraria nosso sistema industrial no qual a medicina convencional está baseada.

 

A origem do método

 

Tendo estabelecido os princípios do método, Omura passou a fazer uso do mesmo em sua clínica em Nova York. Durante dez anos fez experiências com o O Ring Test, confirmando com exames laboratoriais. Decorrido este período, divulgou para amigos médicos e dentistas.

 

Em 1990 o Dr. Átom Inoue, da Nicarágua, tomou conhecimento da descoberta de Omura e passou a fazer experiências em sua clínica em Léon - Nicarágua.

 

Durante dois anos Dr. Átom Inoue também fez exames pelo O Ring Test comparando-os com exames de laboratório, e percebendo sua eficácia e simplicidade, decide divulgar o método, porém para lideranças comunitárias. Reúne em sua clínica um grupo de populares aos quais passa a ensinar não só o método, mas, sobretudo, terapias naturais que as pessoas podem aprender e fazer em suas casas, sem depender de hospitais e médicos. Omura registra a patente de seu invento, este fato leva o grupo de Dr. Átom Inoue a trocar a denominação O Ring Test para Método Bioenergético, dando-lhe a característica popular, com uso exclusivo de terapias naturais, acrescido da urinoterapia como elemento totalmente novo e dando especial atenção às dietas e aos exercícios.

Referência:

BARTH, Renato Roque sj. Bio-Saúde Energia: método bioenergético de tratamento natural. 9. ed. Apucarana, Parana. Gráfica Diocesana, 2016.

Matilde Maria Prates

Terapeuta e Fitoterapeuta

 

Terapeuta Naturalista e Fitoterápica registrada no Conselho Regional de Terapeutas Holísticos da Bahia - CRTH-BA: 00222 /02, no Conselho Nacional dos Terapeutas da Saúde Integrada e na Federação Brasileira dos Terapeutas - FEBRATE - RT: 9095317.  Vice do Conselho Fiscal da ABRASP, Formadora e Coordenadora de Formação do Método Bioenergético.

 

Sua formação no Método Bioenergético se deu através de curso com o Pe. Renato Barth em Cuiabá-MT (1995), concluindo com o Dr. Atom Inoue no Equador-Peru (1997 – 2000).

 

Foi Coordenadora Regional do estado do MT, que nessa época abrangia o MT, MS, GO e DF, quando a ABRASP – Associação Brasileira de Saúde Popular - foi organizada em nível Nacional (1997 – 1999); Vice Coordenadora Nacional da ABRASP – Associação Brasileira de Saúde Popular (2007 – 2010); Se afastou da ABASP e regressou como Vice Coordenadora Estadual (2008 – 2010) e Tesoureira (2011 – 2013); Conselheira Fiscal da ABRASP (2013 – 2017); Vice-Presidente da ABRASP - Associação Brasileira de Saúde Popular (2017 - 2019); Atualmente Coordenadora dos Coordenadores de Formação dos Formadores e Vice do Conselho Fiscal da ABRASP (2019 - 2021).

Pioneira do Método Bioenergético na Bahia no final do ano de 1997, e em 2003, na cidade de Salvador-BA, deu início aos seus cursos e fundaram então a ABASP – Associação Baiana de Saúde Popular. Registrou seus cursos no Sindicato dos Terapeutas Holísticos na Bahia que lhe foi permitido por causa das suas várias especialidades, entre elas o Curso de Parapsicologia e Formação Humana pelo Instituto Nacional de Estudos Parapsicológicos e Psicossomáticos – INEPEP (1996); e o Curso Básico de Plantas Medicinais, Fitoterápicos e Aromaterapia, promovido pelo Departamento do Medicamento da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia - UFBA (2005 – 2007). Sua monografia foi sobre o Método do Bioenergético. Quem faz o curso com a Terapeuta e Formadora Matilde Maria tem o estágio sob sua orientação e o certificado fornecido pela ABRASP, que além de assinado por ambos, dará o direito de tirar sua carteira da ABRASP e de Terapeuta pelo SINTH/BA - Sindicato dos Terapeutas Holísticos da Bahia.

 

Desde 1995 Matilde Maria se dedica ao Método Bioenergético, ministrando e participando de cursos, reciclagens, assembleias, congressos e especializações. Atualmente, como Agente de Saúde, trabalha com o Método Bioenergético de Tratamento Natural na cidade de Salvador-BA e Santo Antônio de Jesus-BA.

Clique no link a seguir para ter acesso aos registros fotográficos de sua caminhada --> Clique AQUI

Izapaula Feitosa de Araújo

Terapeuta e Assistente Social

 

Terapeuta Naturalista registrada no Conselho Regional de Terapeutas Holísticos da Bahia - CRTH-BA: 00999/10, e Formadora do Método Bioenergético.

Assistente Social pela Universidade Salvador/UNIFACS (2015), sua formação no Método Bioenergético se deu através de curso ministrado pela Terapeuta e Formadora Matilde Maria em 2007, associando-se na ABRASP logo em seguida, e Formadora do Método Bioenergético (2014).

Registrada no Sindicato dos Terapeutas Holísticos na Bahia, trabalhou com Atendimento ao Paciente, Faturamento e Administrativo no Laboratório Kalil Barreto (1998 – 2002); Conselheira Fiscal da ABASP - Associação Baiana de Saúde Popular (2011 – 2013), hoje ABIO-BA - Associação dos Terapeutas da Biosaúde da Bahia.

Desde 2005 Izapaula Feitosa se dedica ao Bioenergético em parceria com a Terapeuta e Formadora Matilde Maria,

organizando Atendimentos pelo Método, auxiliando e participando de cursos, reciclagens, assembleias, congressos e especializações. Como Agente de Saúde, trabalha com o Método Bioenergético de Tratamento Natural na cidade de Salvador-BA e Santo Antônio de Jesus-BA.

Forte candidata a substituir a Terapeuta e Formadora Matilde Maria na cidade de Salvador-BA, pois sua experiência com o Método Bioenergético e com as pessoas que o procuram lhe conferem aptidão e continuidade na prática do MBTN! Conselheira Fiscal e de Ética da Nossa Equipe CTN – Centro de Terapias Naturais!

Maria Conceição Barbosa Matos

Terapeuta e Fitoterapeuta

 

Terapeuta Naturalista e Fitoterápica registrada no Conselho Regional de Terapeutas Holísticos da Bahia - CRTH-BA: 00396 /04. Vice-Presidente da ABIO-BA - Associação dos Terapeutas da Biosaúde da Bahia, Fiscal da ABRASP e Formadora do Método Bioenergético.

Técnica em Contabilidade pelo Colégio Técnico Comercial N. S. das Mercês (1990) e voluntária no setor de Administração na Paróquia São Benedito de Santo Antônio de Jesus-BA (desde 1998), sua formação no Método Bioenergético se deu através de curso ministrado pela Terapeuta e Formadora Matilde Maria em 2004, associando-se na ABRASP logo em seguida.

Registrada no Sindicato dos Terapeutas Holísticos na Bahia que lhe foi permitido por causa das suas várias especialidades como profissional de Massagem Terapêutica Integrativa, promovido pelo Sindicato dos Terapeutas Holísticos da Bahia (2003). Terapeuta Fitoterápica - Curso Básico de Plantas Medicinais, Fitoterápicos e Aromaterapia, promovido pelo Departamento do Medicamento da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia - UFBA (2005 – 2007);

Regressão de Memória, promovido pelo Instituto União (2006); Foi Presidente da ABASP - Associação Baiana de Saúde Popular (2011 - 2013), hoje ABIO-BA - Associação dos Terapeutas da Biosaúde da Bahia; Formadora do Método Bioenergético (2014); Terapeuta de Bioenergia Magnética pelo BEM – RDA – 0120BN (2018); Vice-Presidente da ABIO-BA - Associação dos Terapeutas da Biosaúde da Bahia (2016 – 2018) e Fiscal da ABRASP - Associação Brasileira de Saúde Popular (2017 - 2019); Atualmente Conselheira Fiscal da ABRASP (2019 - 2021).

 

Desde 2002 Mara Matos se dedica ao Método Bioenergético em parceria com as Terapeutas e Formadoras Matilde Maria e Izapaula Feitosa, organizando Atendimentos pelo Método, auxiliando e participando de cursos, reciclagens, assembleias, congressos e especializações. Como Agente de Saúde, trabalha com o Método Bioenergético de Tratamento Natural na cidade de Santo Antônio de Jesus-BA e Rafael Jambeiro-BA.

© Desde 1997 na Bahia, com a Equipe da CTN - Centro de Terapias Naturais. Site orgulhosamente criado com Wix.com